As cargas costumam ser amarradas com fitilhos resistentes para evitar que durante o transporte a carga “dance” e danifique dentro do meio utilizado para fazer a movimentação do produto.

O principal motivo de criação foi substituir as cordas que costumam ser jogadas fora depois do uso, já que não são reutilizáveis. Entretanto, os fitilhos não só são descartáveis como também podem ser fabricados em polipropileno reciclado.

O fitilho para amarração Cyclopack é indispensável em situações de movimentação de cargas, principalmente pela capacidade de aguentar um peso muito acima do seu.

A resistência do fitilho para a amarração é outro diferencial muito importante, podendo substituir até fitas de aço.
O fitilho é um dos preferidos pois não necessita de maquinário para ser usado. A amarração das cargas é feita de forma manual e quem está realizando o processo decide como será feito.

Ainda temos o fitilho retorcido que é flexível e ainda mais resistente que o fitilho comum. O retorcido é usado bastante para amarrar fardos.
Não só para transporte, mas também os fitilhos podem ser usados para amarrar cargas que temporariamente precisam ficar juntas.
Os fitilhos são favoráveis em relação à custo benefício em comparação com outros tipos de amarras.