A reciclagem de plástico é um processo que cresce acompanhado pela necessidade de destinação de resíduos de processos produtivos e de consumo da população.

Com o aumento da conscientização da população em relação à prevenção e à recuperação ambiental, promovidas pelo reuso, pela redução e pela reciclagem, a Cyclopack passou a tratar a utilização do plástico como vantagem competitiva e, ao mesmo tempo, como um gargalo que gera agressão ao meio ambiente quando não é feita sua destinação de forma consciente ou quando não são utilizados plásticos reciclados. Logo, a reciclagem é uma solução real para esse problema.

Os plásticos são materiais obtidos principalmente de resinas sintéticas derivadas do petróleo — propeno, eteno, butadieno, benzeno, xileno, tolueno, entre outros.

Esses monômeros se fundem e formam os polímeros, longas cadeias que conferem as propriedades e especificidades de cada tipo de plástico, em um processo chamado de polimerização.

A sua utilização foi potencializada na indústria pela sua resistência, principalmente na produção de embalagens, mas eles apresentam outras características que justificam o seu uso:

– São isolantes térmicos e podem reduzir o consumo de energia;

– São impermeáveis, o que evita a contaminação por fungos e bactérias;

– Podem ser maleáveis ou de extrema dureza, o que os torna úteis em diversas aplicações.

Aqui na Cyclopack, a substituição de componentes mais caros e de difícil acesso, devido à sua escassez, pelo plástico, possibilitou uma economia de escala e a redução de custo de produção, acarretando vantagem competitiva no mercado.

Sua larga utilização no processo produtivo, porém, despertou uma consciência ambiental por parte, principalmente, dos consumidores, pois as mesmas características que permitem a percepção de vantagens pela utilidade também determinam uma das suas principais desvantagens: ele não é facilmente degradado pelo meio ambiente, gerando, com isso, a necessidade de reciclagem de plástico.

Entre os benefícios da reciclagem podemos citar: o fator social (pessoas que se dedicam a essa função), o fator econômico (lucro que a reciclagem proporciona) e o fator ambiental, que é o principal (a reciclagem de plástico é essencial para a manutenção da vida no planeta).