As fábricas de embalagens tradicionalmente aumentam as vendas nesta época do ano, por conta dos presentes de Natal. Mas, nesse ano de 2019, o aumento foi ainda maior. É um dos sinais de que a produção industrial vem crescendo. Outras fábricas estão encomendando mais caixas, pacotes, para embalar tudo que produzem.

As fábricas de embalagens produziram juntas, pela primeira vez, mais de 334 mil toneladas de caixas, acessórios e chapas de papelão, um aumento de 2,7% em relação ao mesmo mês de 2018. E a Cyclopack acompanha de perto esse crescimento.

O papelão é considerado um dos termômetros da economia. A temperatura subiu e desceu bastante nos últimos anos. Para explicar esse crescimento em 2019, alguns analistas citam as razões para o aumento do consumo, para o consumo de energia residencial e, aí vem na esteira de todo esse processo, o uso de embalagens.

Produção de embalagem em alta: setor é um dos termômetros da economia
Um dos principais termômetros da economia, pois fornece embalagens para vários setores industriais, as fábricas de papelão batem recorde de produção.

Desde a entrada do Brasil na crise mundial, não era possível enxergar a luz no fim do túnel. Mas é o setor de produção de embalagens para a indústria quem tem um pequeno vislumbre e vê o possível caminho para o fim da crise econômica.

Com a queda na produção, comparado ao ano passado, as indústrias de embalagens começam a respirar aliviadas perante o cenário que até então era catastrófico.

Tudo indica que a passagem pelo fundo do poço já foi concluída e os empresários preveem um aumento no consumo do brasileiro.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o setor mostrou um aumento de horas trabalhadas, um bom indicativo de que tempos novos virão para a indústria.

Mas o setor já registrou quedas como em 2015, quando amargurou um quadro pouco animador. Foram dois anos de crise, 2015 e 2016, mas em 2017 o setor cresceu bastante.

O desempenho do setor é considerado um dos principais termômetros da produção industrial, pois as fábricas encomendam as embalagens de acordo com seus planos de produção. Quanto maior o volume de embalagens vendida, maior é o otimismo dos fabricantes de diversos produtos como alimentos e materiais de higiene pessoal e limpeza.